Arquivo do mês: setembro 2016

Enfim

Tentei, mais cedo

Recordar-me da sua voz.

Não consegui.

A estranheza me atordoa

O tão presente e marcante antes

Não mais é o que era.

Fez-se ausente

Até de lembrança e imaginação.

Isso é um sinal. Um sinal bom.

Eu me libertei.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized